Tempo de mudança. Literalmente!


Enfim mudança!

Já estava na hora de respirar novos ares (se bem que aqui em São Paulo nenhum é melhor que o outro) e dizer adeus aos mafagafos (quem conhece sabe do que estou falando!!rs) e olá aos novos vizinhos.
Aproveitando o momento “casa nova, vida nova” comecei a pensar em como gosto de mudanças e da energia nova que isso me traz.
Alguns dizem que sou insconstante, que não sossego. Ainda bem! Nada mais chato que viver na mesmice de uma rotina sem propósito. Eu tenho um monte de projetos para realizar meus sonhos e vou continuar me transformando nesse percurso, sem medo.
Qualquer mudança faz bem, seja de ambiente ou de atitude. Nesses momentos é bom limpar as gavetas, os armários e mandar embora tudo aquilo que não serve mais. Aquele vestido que aguardava meus quilinhos a menos para voltar à ativa ou aquele sapato que pode um dia, quem sabe, ficar na moda de novo.
Aquelas fotos que só trazem más recordações? Lixo! Aqueles folders de lugares lindos que pretendo visitar, não sei quando? Lixo também.
Com a mala mais leve fica mais fácil seguir em frente e liberar espaço para novos vestidos, papéis e planos… muitos planos.

Novos anjinhos

Papai do céu resolveu caprichar este ano.
Preparou tudo para 2010 começar com muitos nascimentos.
Estou super feliz pelas futuras mamães, principalmente aquelas que batalharam bastante (no bom sentido rs) para este dia chegar.
Eu que adoro ser titia, mesmo estando um pouco longe, prometo mimar, paparicar e, claro, fotografar muito esses anjinhos.

É um pássaro??? Um avião??


Não. É São Paulo.

Com seu inconfundível (cinza) céu e temível trânsito.
Uma mistura de variedade, felicidade e desigualdade.
É frio de manhã, sol à tarde e chuva de noite.
São Paulo é todo o caos em harmonia.
É multidão e solidão.