Como te vejo, São Paulo.

Minha relação com São Paulo sempre foi meio complexa.
Algumas vezes adoro esse lugar e todas as oportunidades que oferece. Baita orgulho de morar onde tudo acontece e sempre cabe mais alguém. Outras vezes me pergunto como vim parar nessa cidade caótica, sem espaço para mais um prédio, uma pessoa ou um carro. Aqui todo mundo estressa, trabalha demais e vive pouco. Mas, ainda sim, foi onde eu conheci grandes amigos e amadureci profissionalmente.
Enfim, São Paulo, um dia ainda te deixo, mas enquanto isso, sigo te amando. Feliz quatrocentosetantos anos!

Legendas: As primeiras fotos são na Pinacoteca. As outras são do centro, Parque do Ibirapuera e do PlayCenter.

PlayCenter

Esta entrada foi postada em Pessoal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s